Gírias antigas que seus pais achavam bacanas

Gírias antigas que seus pais achavam bacanas

Ná época em que você ainda não servia para fazer peso na Terra, as pessoas já tinham gírias e um estilo de vida totalmente diferente do seu.

É engraçado que algumas palavras em determinado momento são tão legais e descoladas e alguns anos depois ficam ultrapassadas e toscas, sendo ridicularizados aqueles que ainda as usarem.

GÍRIAS DOS ANOS 60

  • aldeia global: nosso mundo.
  • bacana: bom, bonito.
  • boapinta: de boa aparência.
  • boazuda: mulher bonita.
  • bolinha: estimulante.
  • cafona: feio.
  • calhambeque: carro velho.
  • cara: indivíduo.
  • carango: carro.
  • certinha: mulher bonita.
  • chapa: amigo.
  • dar tábua: recusar-se a dançar.
  • duca: ótimo.
  • é fogo!: é difícil.
  • é uma brasa, mora!: é espevitada, danada.
  • esticada: passar por vários restaurantes e bares noturnos.
  • fossa: depressão, crise existencial.
  • gamar: namorar.
  • gata: mulher bonita.
  • grana: dinheiro.
  • jovem guarda: movimento artístico musical.
  • legal!: ótimo!.
  • mancar: desrespeitar compromisso.
  • minisaia: saia curta.
  • paca: muito.
  • pão: homem bonito.
  • papo firme: conversa séria.
  • papo furado: conversa boba.
  • pé de chinelo: pessoa sem expressão.
  • pelego: líder sindical governista.
  • pode vir quente que estou fervendo: excitada.
  • pra frente: moderno.
  • quadrado: conservador.
  • sifo: deu-se mal.
  • sifu: deu-se mal.
  • tremendão: rapaz bonito.
  • uma brasa, mora: bom, ótimo!.
  • ziriguidum: samba no pé, molejo de mulata.

GÍRIAS DOS ANOS 70

  • Arquibaldos: torcedores de arquibancadas.
  • aprontar: criar uma situação.
  • babados: assuntos.
  • barra: situação difícil.
  • bicho: amigo.
  • bicho grilo: pessoa mal vestida.
  • bicho grilês: idioma de hippies.
  • biônico: político nomeado pelo governo
  • bode: confusão.
  • capanga: bolsa.
  • careta: pessoa conservadora.
  • chacrinha: conversa sem objetivo.
  • chocante: bom ótimo.
  • chocrível: chocante e horrível.
  • curtição: aproveitamento.
  • curtir: aproveitar.
  • dançou!: caiu!.
  • dar no pé: ir embora.
  • dar o cano: não cumprir compromisso.
  • desligado: distraído.
  • entrar pelo cano: ser mal sucedido.
  • estar por fora: mal informado.
  • falou e disse!: falou.
  • fazer a cabeça: conquistar uma pessoa.
  • fofa: mulher bonita.
  • fofoca: intriga.
  • geraldinos: torcedores, da geral.
  • goiaba: bobo.
  • já era: acabou.
  • jóia: tudo bem.
  • legal: ótimo.
  • maneiro: bom, ótimo.
  • numa boa: em ótima situação.
  • podes crer: acredite.
  • pornô: pornográfico.
  • repeteco: repetição.
  • sacou?: entendeu?.
  • tá legal: ótimo.
  • tá maus: está ruim.
  • tô ki tô: estou bem.
  • tou contigo e não abro: estou do teu lado.
  • transar: amar.
  • tutu: dinheiro.

GÍRIAS DOS ANOS 80

  • bode: mau humor.
  • brega: feio.
  • brega chique: feio.
  • deprê: depressão.
  • depri: deprimido.
  • economês: linguagem dos economistas.
  • encanar: prender.
  • fio dental: biquini.
  • masô: masoquista.
  • massa: bom, ótimo, legal.
  • mercado paralelo: dólar.
  • ô meu!: ei, rapaz!.
  • pacote econômico: medidas econômicas.
  • patrulhas ideológicas: grupos de patrulhamento político.
  • pega leve: devagar.

GÍRIAS DOS ANOS 90

  • ah, eu tô maluco: estou vibrando.
  • animal: pessoa de expressão.
  • antenado: ligado.
  • azaração: namoro, flerte.
  • azarar: flertar.
  • baba de bode: ruim.
  • balada: velocidade, diversão.
  • baranga: mulher feia.
  • barbantim cheiroso: biquini.
  • boiola: homossexual.
  • bolado: chateado.
  • caô: mentira.
  • cara pintada: estudante que protesta.
  • chavecar: namorar.
  • criar beriga: casar.
  • de lei: é assim.
  • dibarato: o que é bom.
  • dimenor: criança, menino ou menina.
  • é do bem: boa pessoa.
  • é do mal: má pessoa.
  • é o bicho: coisa que esteja acontecendo.
  • é ruim, hein?: isso não é bem assim.
  • encoleirar: namorar firme.
  • estribado: fundamentar-se, apoiar-se. Nos anos 90, muitos jovens usavam esta palavra, para falar que a coisa estava certa, fundamentada. Lembro de meu irmão falando assim com os seus amigos. Ex:Pô cara, ta estribado…
  • fazer pressão: impressionar.
  • festa da mexerica: avacalhação.
  • ficar: namorar.
  • filé: garota bonita.
  • fui!…: agi, decidi, aconteceu, sumi, desapareci.
  • gata: mulher bonita.
  • gato: rapaz bonito.
  • gatorade: rapaz bonito.
  • já fui!: agi, decidi, aconteceu.
  • jamanta: gordo, bobo.
  • lamber: namorar.
  • lipada: mulher magra.
  • lipo: lipoaspiração.
  • maior gás: velocidade.
  • maior legal: ótimo.
  • mano: amigo, pessoa
  • mala: chato.
  • mauricinho: rapaz bem arrumado.
  • pagando um sapo: esperando.
  • pagar mico: vexame.
  • patricinha: menina bem arrumada.
  • patty: patricinha.
  • perua: mulher muito e mal produzida.
  • pintar: aparecer.
  • queimar o filme: estragar tudo, agir fora do padrão.
  • rolo: namoro demorado.
  • sarada: saudável.
  • sarado: saudável.
  • silicada: que fez aplicação de silicada.
  • silico: aplicação de silicone.
  • voltei!…(estou de volta.
  • zoar: fazer barulho, rir de alguém.
  • zoró: maluco.

Você lembra de mais alguma?

Alan Corrêa

Alan Corrêa

Marqueteiro. Escreve sobre lugares legais, bebidas gostosas, boa comida e coisas exóticas.

Veja mais publicações de Alan Corrêa

Deixe seu Comentário