ATENÇÃO: Esta é uma página gerada automaticamente com base na sua pesquisa. Este site não disponibiliza links para downloads ilegais ou piratas.

base jump Edificio Itália

Dupla salta de paraquedas do Terraço Edifício Itália
Dupla salta de paraquedas do Terraço Edifício Itália

Dupla salta de paraquedas do Terraço Edifício Itália

Homens pulam de paraquedas do Terraço do Edifícil Itália. Imagine clientes normais do Edificio Itália, o segundo mais alto de São Paulo, com 64 andares em 165 metros de altura, que comem, bebem normalmente, mas na hora de ir embora resolver sair com grande estilo, de paraquedas.

Imagine clientes normais do Edificio Itália, o segundo mais alto de São Paulo, com 64 andares em 165 metros de altura, que comem, bebem normalmente, mas na hora de ir embora resolver sair com grande estilo, de paraquedas. Arthur Zanella e Thiago Negão planejaram a aventura por cerca de um mês. Eles estudaram o acesso ao topo do prédio e o restaurante Terraço Itália, que fica no 40º andar. "A gente estudou o lugar por meio de fotos, mas a gente só sabia como era o espaço da visitação, onde os clientes ficam e saem para fumar", disse Zanella. A aventura completa você confere no vídeo abaixo: A prática de saltar de paraquedas do alto de edifícios, pontes, penhascos e antenas é conhecida como base jump. O esporte é considerado um dos mais perigosos do mundo. No salto desta quarta-feira, os dois fizeram três segundos de queda livre e dez segundos de voo até o pouso.

Edificio Itália

O Edifício Itália (cujo nome oficial é Circolo Italiano) é o segundo maior prédio da cidade de São Paulo e um dos maiores do Brasil, com 165 metros metros de altura (151 m a partir do nível da rua) distribuídos em 46 andares. Inaugurado em 1965, é atualmente um dos marcos da cidade, protegido pelo Patrimônio Histórico por ser um dos maiores exemplos da arquitetura verticalizada brasileira. Um dos maiores destaques do edifício Itália é o restaurante localizado no seu topo, conhecido como Terraço Itália, que permite uma vista em 360 graus da cidade, sendo um dos maiores pontos turísticos da capital paulista. No andar térreo do edifício há também um teatro e uma galeria. Em dois pequenos prédios anexos encontra-se um antigo clube (o Circolo Italiano, que ocupava a área antes mesmo da construção do prédio). Os demais andares são ocupados por escritórios.