s. Bridgetown Barbados | Murdoque
ATENÇÃO: Esta é uma página gerada automaticamente com base na sua pesquisa. Este site não disponibiliza links para downloads ilegais ou piratas.

bridgetown barbados

Barbados comemora 50 anos de independência
Barbados comemora 50 anos de independência

Barbados comemora 50 anos de independência

No mês de novembro, a ilha de Barbados, no Caribe, vai celebrar 50 anos de independência do Reino Unido com uma programação super agitada. Uma exposição sobre o que levou a ilha a conquistar sua independência estará disponível até janeiro no Barbados Museum and Historical Society. Outro festival bastante conhecido, o Barbados Food & Rum, acontecerá entre 17 e 20 de novembro, e celebrará a herança gastronômica da ilha, com a participação de chefs locais e internacionais, especialistas em rum e mixologistas.

No mês de novembro, a ilha de Barbados, no Caribe, vai celebrar 50 anos de independência do Reino Unido com uma programação super agitada. Uma exposição sobre o que levou a ilha a conquistar sua independência estará disponível até janeiro no Barbados Museum and Historical Society. Outro festival bastante conhecido, o Barbados Food & Rum, acontecerá entre 17 e 20 de novembro, e celebrará a herança gastronômica da ilha, com a participação de chefs locais e internacionais, especialistas em rum e mixologistas. Outras celebrações também fazem parte do calendário barbadiano, como uma cerimônia de luzes azuis e amarelas (cores da bandeira); um coquetel na residência oficial do primeiro ministro; um jantar dançante que mostrará a excelência barbadiana, da cozinha gourmet e serviços a música e alta costura; uma cerimônia para revelar o monumento criado em homenagem à data; um desfile militar de aniversário de independência; e um concerto para fechar com chave de ouro. No dia 28 de novembro, inclusive, a população vai se unir para criar uma corrente humana ao redor da ilha! Apesar de ter sido colonizada pelos britânicos, a ilha foi descoberta inicialmente pelos portugueses, que atracaram e avistaram as árvores cheias de cipós, que mais pareciam barbas (por isso o nome Barbados). No começo do século XVII, exploradores britânicos finalmente chegaram e colonizaram o local, permanecendo ali até 1966. O processo de independência foi amigável e até os dias de hoje as duas nações têm algumas características culturais bastante parecidas, como o chá da tarde, a língua oficial e a mão de direção. Quem estiver em Barbados, pode celebrar com os locais esta data tão importante na história do país e conhecer um pouco mais de sua herança cultural. Para chegar ao destino, a Avianca oferece dois voos semanais às quartas-feiras e aos sábados, partindo de São Paulo e Rio de Janeiro, com conexão em Bogotá, na Colômbia. Para saber mais sobre o destino, clique aqui.

Sobre Barbados

A ilha caribenha de Barbados tem 60 praias públicas e foi colonizada pelos ingleses, o que significa que a língua oficial é o inglês e muitos costumes britânicos ainda fazem parte do país. Barbados tem uma cultura vibrante que preza pela celebração da vida, ritmos musicais que contagiam e uma refinada gastronomia. As atrações principais são as praias, o surfe, paddle board, windsurfe, vela, passeios de submarino e catamarã, mergulho com tartarugas, visitação a navios naufragados e cavernas, golfe, criquet e polo. Há também visitação nas destilarias de rum mais antigas do mundo.