c. Celina Peres | Murdoque
ATENÇÃO: Esta é uma página gerada automaticamente com base na sua pesquisa. Este site não disponibiliza links para downloads ilegais ou piratas.

Celina Peres

Você pode comer uma farofa de iça que é uma delícia
Você pode comer uma farofa de iça que é uma delícia

Você pode comer uma farofa de iça que é uma delícia

A prática de alimentar-se com insetos já foi considerada como hábitos de gente primitiva mas, em diferentes partes do País, esse alimento é considerado uma saborosa iguaria.

Costume e cultura indígena, a ‘formiga que se come’ é tradição do povo tupi-guarani. Içá ou tanajura é a formiga fêmea da saúva - também chamada, no Ceará, de formiga de asa ou formiga de roça - no tempo da reprodução da espécie. A prática de alimentar-se com insetos já foi considerada como hábitos de gente primitiva mas, em diferentes partes do País, esse alimento é considerado uma saborosa iguaria. O consumo está espalhado pelos quatro cantos do País de diversas formas. Comum saborear os insetos em forma de farofas ou ao natural, torradas com água e sal, como aperitivo, acompanhando bebidas fermentadas ou destiladas. Para os que apreciam a cerveja então... não há como resistir. Alguns relatos dão conta de apresentar o alimento em várias outras formas de preparo, um deles inclusive, servindo como acompanhamento principal com o tradicional arroz e feijão, nesse caso, substituindo a carne. Cultura ou lenda, as tanajuras ou içás têm sido vendidas como afrodisíaco em razão de sua captura, antes do acasalamento, representar a virgindade do inseto, responsável por ‘levantar a moral’. A relação entre a virilidade masculina e um comparativo da apresentação da tanajura com o corpo feminino – ancas largas e cintura fina – reforça a tese de que seu consumo promove energia sexual para eles e beleza estonteante para elas.

Uma receita de farofa de Içá

  • içás limpas (ou seja, só o abdômen, sem o ferrão, asas e pernas)
  • uma colher (sopa) de azeite
  • uma colher (sopa) de manteiga com sal
  • sal a gosto, alho espremido e farinha de mandioca
Modo de fazer Coloque as içás numa panela, em fogo baixo, até que comecem a torrar e inchar um pouco. Assim que começarem a torrar, junte o azeite, a manteiga e o alho bem torradinho. Coloque a farinha de mandioca e deixe pegar um pouco de gosto. Corrija o sal, coloque salsinha e se quiser, um pimenta dedo de moça para dar um toque a mais e ajudar na decoração. Aprecie e conte pra gente ! Texto por: Celina Peres.