Como usar gravata e ficar estiloso

Como usar gravata e ficar estiloso

Sinônimo de poder e elegância para os homens, a gravata faz parte do nosso cotidiano há muito tempo e sua história se confunde com a do próprio vestuário. Registros mostram que desde a antiguidade havia o costume de enrolar um tipo de lenço no pescoço, como nos exércitos da china e do império romano, para proteger do calor, limpar o suor e estancar sangue. Revela-se assim, uma origem militar e mais prática do que glamurosa.

Hoje em dia existem gravatas pra todo mundo (até para as mulheres), são várias as padronagens, espessuras e tecidos. As mais comuns são feitas de seda e poliéster e têm até 150 centímetros de comprimento, de 7 a 11 centímetros de largura.

Para ocasiões formais é indicado usar gravatas largas, modelos mais finos e de tecidos alternativos aos tradicionais (como algodão, lã, etc.) tornam o look mais cool. Atualmente os padrões mais usados são os micropontos e xadrezes.

A gravata borboleta foi, por muito tempo, ligada diretamente a uma imagem negativa. Isso vem mudando com a ascensão da moda geek e com a valorização do vintage, que revisita peças do vestuário masculino sem cair no óbvio.

Deixando a formalidade das gravatas de lado, é possível usar a peça com jeans e tênis ao invés de terno e sapato social. Pode-se optar por modelos mais finos, com nó folgado, de ponta quadrada, compondo um look despojado e informal. As gravatas estão aí e oferecem opções para todos os tipos de público e ocasiões, é só escolher um modelo adequado e curtir.

Deixe seu comentário:

+ Moda

Pijama masculino é coisa de macho
Pijama masculino é coisa de macho
5 Motivos para amar o Murdoque
5 Motivos para amar o Murdoque
Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , ,